O melhor serviço de máquinas de café do Rio para empresas e restaurantes.


O melhor café em cápsulas do Rio, entregue direto na sua casa.


O café de alta performance para atletas que querem otimizar seu rendimento nos treinos.


Blog

ValorCafé / Novidades  / Adeus ao café em 2050: esta planta é o café do futuro

Adeus ao café em 2050: esta planta é o café do futuro

Em 2050, continuaremos nos conectando à internet, comendo pão e geleia, mas talvez não possamos mais beber café. Por quê? O aumento das temperaturas e a seca podem acabar com as terras dedicadas à cafeicultura, que se beneficiam de um clima temperado.

E como vamos acordar de manhã em 2050 se não tiver café? Correto:  graças à ciência. De agora em diante, possíveis substitutos para o café estão sendo investigados neste momento. E estamos com sorte: existe uma planta capaz de suportar climas mais quentes que não favorecem os do café que consumimos atualmente. Essa planta é uma variedade chamada Coffea Stenophylla, um tipo de café selvagem (dos 122 tipos conhecidos que existem) que cresce na África Ocidental.

 

Cerejas de café maduras / Imagem: rtve

 

Tem um gosto muito semelhante ao de seu primo, o café arábica (Coffea Arabica). “Estamos muito surpresos que este café tem um gosto espetacular.  E tem esses atributos que permitem que se adapte ao clima que teremos”, comentou Aaron Davis, que chefia a pesquisa sobre o café no Royal Botanic de Kew Gardens.

Seu sabor é tão parecido com o do Arábica, a variedade mais valorizada do mundo, que 80% dos jurados que montaram um júri cego para analisar suas qualidades organolépticas não conseguiram distinguir um do outro.

 

Detalhe de cerejas de café / Imagem: Pixabay

 

O Stenophylla Coffea, foi considerado um tipo de café que foi extinto em uma área onde antes era popular: a Costa do Marfim. No entanto, foi recentemente encontrado, bem como em Serra Leoa, onde foi descrito cientificamente pela primeira vez em 1834.

A Stenophylla chegou a ser exportada para as colônias britânicas e França e adquiriu importância crescente como em outros países africanos como Gana, Senegal e Uganda. Porém, estava sendo rebaixado em favor das variedades Arábica e Robusta por uma questão econômica:  é menos produtivo e leva mais tempo para amadurecer.

 

Esta é a planta do café do futuro ou Coffea Stenophylla / Imagem: rtve

 

Os pesquisadores comentam que embora não chegue às nossas cafeterias em breve, é possível que em cerca de 5 ou 7 anos entre no mercado mais especializado.  Vamos torcer para que o planeta não vá pelo ralo a ponto de ficarmos sem café, embora o estado atual dessas lavouras já seja desanimador:  60% das espécies de café estão ameaçadas pelas mudanças climáticas. Salve o planeta!

 

12 de maio de 2021

Fonte: RTVE.ES